A Escala Hawkins de Consciência

foto

A medição dos diferentes níveis de consciência dos seres humanos é um dos trabalhos mais interessantes do médico psiquiatra americano David R. Hawkins, ele foi publicado no seu livro lançado em 1995 “Poder contra Força: Uma Anatomia da Consciência - Os Determinantes ocultos do comportamento humano”.

Logo no início da psiquiatria na vida de Hawkins, em 1952, ele descobriu o poder da Cinesiologia. Ela trata-se de uma ciência que estuda os movimentos do corpo humano e abrange as áreas da anatomia, fisiologia, física, química e biomecânica. Como por exemplo, os profissionais de educação física e os fisioterapeutas, eles estudam a Cinesiologia para compreender os movimentos dos nossos músculos e articulações. Para explicar de modo mais preciso, são analisadas as forças que atuam sobre a nossa estrutura corporal, a da gravidade, as que provocam tensões musculares, resistências externas e atritos. Com o objetivo de manipula-las sabiamente, e deste modo melhorar o nosso desempenho, corrigir ou prevenir lesões.

Antes de me aprofundar na Cinesiologia, quero esclarecer uma questão, para quem leu sobre este estudo da Escala Hawkins, conferiu que ele resumiu nele as nossas funções corporais em dois centros mentais, consciente e inconsciente. Porem a física quântica reconhece que a mente (centro intelectual) não distingue o sim e o não, o positivo e o negativo. Já quando falamos em aspectos conscientes e inconscientes, estamos falando de consciência, pois tratam-se de discernimentos, apesar dos próprios termos já expressarem o fato. Portanto mente consciente ou inconsciente não existem, ela não distingue nada, não discerne nada. A mente é o nosso intelecto, e além disto temos no total 5 centros na máquina humana, conforme os sábios ensinamentos gnósticos, sendo eles: o intelectual, emocional, instintivo, motriz e o sexual. Algumas de nossas funções orgânicas, por exemplo, a respiração, digestão e metabolismo, pertencem ao centro instintivo, o qual é coordenado pelo sistema nervoso central. Não podemos atribuir o sistema instintivo do corpo ao centro intelectual, porque não dependemos de nossa mente para digerir um alimento. Para ficar clara essa questão de nossa intelectualidade, devemos ter a compreensão que temos 3 coisas distintas, o cérebro, o intelecto (mente) e uma consciência, que pode também ser chamada de alma

Vamos voltar a Cinesiologia, que é o foco principal deste artigo. Os testes de Hawkins eram bem simples, as pessoas deixavam um braço estendido horizontalmente e eram submetidas a algumas perguntas e o que elas deveriam fazer era apenas tentar manter o membro nesta posição. Quando ele apresentava mais força, maior resistência, correspondia a uma resposta afirmativa, caso ele enfraquece e descesse, era negativa. Deste modo é possível saber quais as verdades que nos sustentam, que nos move.

O trabalho do Hawkins se centrou nos níveis de consciência relacionados aos valores fundamentais da vida humana, principalmente sobre a integridade da alma, em todos os graus, até o da iluminação. Ele sustentou que Buda possuía o nível 1000.

Segue um trecho muito interessante de seu livro, onde são apresentados os níveis de consciência e os efeitos ao seu redor.

“Embora apenas 15% de toda a população do mundo esteja acima do nível crítico 200 de consciência, a força coletiva desses 15% tem o peso para contrabalancear a negatividade dos 85% restantes da população mundial.

Devido ao fato da escala de força avançar logaritmicamente, um simples Avatar, em um nível de consciência 1.000, pode na verdade, contrabalancear totalmente a negatividade coletiva de toda a humanidade.

Um indivíduo que vive e vibra na energia do otimismo e da disposição de não julgar os outros (nível 300) irá contrabalancear a negatividade de 90 mil pessoas que estão calibradas nos níveis mais baixos de força.

Um indivíduo que vive e vibra na energia do puro amor por toda a vida (nível 500) irá contrabalancear a negatividade de 750 mil pessoas que estão calibradas nos níveis mais baixos de força.

Um indivíduo que vive e vibra na energia da iluminação, graça e paz infinita (nível 600) irá contrabalancear a negatividade de 10 milhões de pessoas que estão calibradas nos níveis mais baixos de força (aproximadamente 22 desses sábios estão vivos hoje).

Um indivíduo que vive e vibra na energia da graça, do espírito puro além do corpo, num mundo de não-dualidade e unidade completa (nível 700), irá contrabalancear a negatividade de 70 milhões de pessoas que estão calibradas em níveis mais baixos de forca (aproximadamente 10 desses sábios estão vivos hoje).” - Dr David R. Hawkins.


Lembrando que estas medidas são de consciência, sendo que tudo é energia, e a da supraconsciência é a mais poderosa no universo, ela pode destruir qualquer campo magnético negativo, podemos então sintetizar que quanto mais conscientes somos, mais imunes ficaremos das baixas frequências e inclusive ajudaremos a reduzir a densidade energética deste mundo tridimensional caótico.


E como podemos aumentar o nosso nível de consciência?

Vivendo na lei do amor, da compaixão, com bons sentimentos e pensamentos. Buscando o autoconhecimento, para administrar corretamente as nossas energias. E estudando sobre as leis universais, para vivermos com sabedoria nesta dimensão, o que resultara em uma vida harmoniosa e plena.



Namastê!

Katia Friozi

 

 

 

 
foto

Tudo é vibração e frequência, atraímos aquilo que vibramos.

Veja mais
foto

Código Isaías

Veja mais
foto

Reprogramação Mental

Veja mais

 
 
  • Imagem